quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Tomando um chá com as dyvas da Punkake Band

YO PUNKAKERS! Pela primeira vez na historia deste blog eu entrevistei uma banda DE VERDADE! Sim, estou falando desta banda fantastica, a PunKake! Bem se você não conhece, coloquei o myspce, o facebook e o twitter delas ai embaixo. Bem eu espero que vocês gostem, eu fiz com muito carinho especial para vocês Punkakers! Enjoy!



Como surgiu a Punkake? Daonde veio a idéia do nome da banda?


"A Minha história na música com a Lívia já vem de anossss.

Somos amigas desde os nossos 13 anos, quando a Lívia comprou seu 1º violão e aprendeu a tocar sozinha (CURIOSIDADE: a Lívia é autodidata, nunca fez aula de violão ou guitarra!).

E eu já saí da barriga da minha mãe soltando uns agudos, haha. Canto desde sempre. Mas lembro que meu interesse aumentou nas festas de família, quando meu tio levava a guitarra e o microfone: ele tocava e eu cantava jovem guarda com ele> Cely Campelo, Vanderléia, Roberto e Erasmo Carlos.

Voltando aos 13 anos, eu a Lívia estudávamos juntas no Colégio Bom Jesus, e ao invés de fazer a aula de Educação Física, a gente fugia e ia fazer um som nos becos do colégio, isso quando a gente não matava aula pra tocar na praça de alimentação do Shopping Curitiba (Obs.: não façam isso! Estudem ;p).

***Aos nossos 16 anos, surgiu um Festival de Bandas do Colégio, e a Lívia estudava com a Renata, que comprou um baixo e aprendeu a tocar pra gente participar. Surge aí a TAMPAKS (Bárbara na voz, Lívia na guitarra solo, Renata no baixo, Carolzinha na guitarra base e Morango na bateria).

Depois disso, a gente ensaiava às vezes, mas o máximo que tínhamos conseguido foi tocar numa festa de um grupo escoteiro naquelas casinhas de madeira polonesas do Bosque do Papa; e num carro de som para um protesto a fim de abaixar as mensalidades de uma Universidade.

A Lucy surgiu na nossas vidas, quando ainda éramos Tampaks, de uma maneira muito inusitada. O pai da Lucy trabalha com o conserto de Máquinas de Lavar, e foi na casa da Lívia consertar a máquina dela, quando viu uma guitarra na sala. Perguntou: Nossa que legal, você tem banda? Minha filha toca bateria (na época ela tocava bateria na Igreja).

A Lívia até pegou o telefone da Lucy, mas não fomos atrás, porque ainda tínhamos o Morango. Depois de um tempo, o Morango saiu... E a Lívia tinha perdido o telefone da Lucy...

Um belo dia, mais ou menos 1 ano depois, Lívia estava indo ao apartamento de seu amigo Gabriel, e adivinhem quem estava consertando a máquina de lavar dele? Sr. Eliseu, pai de Lucy. Eis que o contato aconteceu. A química rolou e o rock funcionou, à época, a Lu tinha só 14 anos (menina-prodígio que já tocava perfeitamente "Chop Suey" do System of a Down).

Por incrível que pareça, a nossa banda era TAMPAKS, hauha. Um nome super punk! 

Quando decidimos gravar nossas primeiras músicas, no final de 2005, percebemos que o nome era muito zoado, e não condizia mais com o som que tocávamos.

Pensamos, pensamos... e nada era bom o suficiente. Aí um amigo nosso, Paulo, que era dono do estúdio onde ensaiávamos, sugeriu PUNKAKE! Foi amor à primeira vista, primeiro por ser algo feminino, e em segundo pelo trocadilho com o “Punk” no início do nome. No dia seguinte, já tínhamos feito a logo, e vimos que esse nome era perfeito para a banda.
A Ingrid, nossa atual baixista, entrou pra Punkake em março de 2008, quando começamos a pré-produzir nosso primeiro CD "Tão Sexy" "

Quais são as maiores influencias de vocês?

São várias! 

Da minha parte (VOU SER MAIS ESPECÍFICA): Elvis Presley, Beatles, The Doors, Jovem Guarda (em específico Celly Campêlo), Janis Joplin, Suzi Quatro, Queen, No Doubt, Garbage, B52's, Distillers, Blondie, PARAMORE, Kings of Leon, Artic Monkeys, W. Stripes, The Gossip, Magic Numbers, Raul Seixas, Titãs, Luxúria, Pitty. 
Gosto de música Pop tbém, curto Cindy Lauper, Madonna, Shakira, o trabalho solo da Gwen Stefani, Pink, Katy Perry e atualmente, não pude deixar de me render à monstruosidade de Lady Gaga.


Lucy: The Cure, Siouxsie and the Banshees, Misfits, várias vertentes do Metal, músicas obscuras e fúnebres (hauaha), HIM, Dream Theater, etc.


Lívia: The Doors, ACDC, Pink Floid, Pearl Jam, Nirvana, Foo Fighters, Kings of Leon, Queens of Stone Age, The Subways, etc.


Ingrid: MUITO Silverchair (afinal ela era a frontwoman de uma banda cover deles), Nirvana, Pearl Jam, Queens of Stone Age, Foo Foghters, Dream Theater, Kittie, Marlyn Manson, Michael Jackson e Madona!"


Ufa, espero ter respondido, ficou graaande...

O som "Cometa" foi gravado em inglês e português. Vocês pretendem fazer sucesso no exterior? Alguma de vocês já foi em outro país?

Na verdade, acho que quando fazemos uma música, pensamos nela sem nenhuma fronteira.
Acredito que uma coisa acontece de cada vez...sucesso no Brasil já seria MUITO LEGAL, mas se pintasse um "main stream" internacional não iria reclamar.

As mais "viajonas" da banda são a Ingrid e a Lucy... vivem viajando pro exterior (Argentina, Uruguai Chile, Miami, Orlando, Inglaterra, Alemanha, Israel, Marrocos, Portugal, e por aí vai...)

Eu a Lívia somos, no máximo,  mochileiras do Paraguai (hehe).

Como vai a relação com os fãs da banda?

NUNCA esteve tão ótima.
Estamos cada vez mais próximas e cada vez mais apaixonadas por eles.
Sempre trocamos idéias com os fundadores dos fãs- clubes, eles nos engrandecem
e nos dão suas sugestões maravilhosas.
A "Família Punkake" está aumentando e isso me deixa muito realizada.
Já temos um público grande e bem fiel! 
Só que somos "gulosas", queremos mais e mais fãs, hehe.

Punkakers, uni-vos.

Qual foi a maior conquista de vocês?

A gravação do nosso primeiro CD e video clipe.
Pode parecer simples pra quem é de fora, mas dá muito trabalho, exige muito tempo e muito investimento ($$).
Demoramos 4 anos para enfim podermos gravar um cd profissional.

Qual foi o melhor show que vocês já deram?

Atualmente foi o de abertura para a Pitty, 10/12/10, no Curitiba Master Hall.
Foi uma energia inexplicável. O público se identificou muito conosco e vice-versa.

Hoje em dia, bandas com garotos fazem mais sucessos do que banda com garotas. O que vocês acham disso?

Esperamos que, pelo menos fique mais equilibrado o "jogo", hehe.
Acho que as mulheres/meninas acabam seguindo as bandas que além da música legal, tem integrantes "gatinhos" e, muitas vezes, os homens/meninos têm vergonha de assumir que gostam de uma banda formada por garotas, sei lá, medo de serem rotulados como "gays".
Acho patético, mas enfim, a Punkake tem muitos fãs homens e mulheres, e não acho que teremos menos sucesso pelo fato de ser uma "banda com garotas".

Fale um pouco sobre o seu CD, intitulado Tão Sexy?

O CD "Tão Sexy" é nosso bebê.
Temos muito orgulho dele, foi um trabalho demorado, porque todas temos atividades paralelas, então ficava bem difícil pra nos reunirmos em estúdio.
Contamos com a Produção do Ricardo Moura, que nos alimentou muito musicalmente e fez a Punkake amadurecer.
O Cd tem, em sua maioria, composições da Lívia, o produtor deixou minhas músicas de fora por não serem tão vendáveis (não sei escrever sobre amor...). A única música que é exclusivamente minha é Bipolaridade. 
E assim ficou a cara do "Tão Sexy" =D

É difícil fazer rock no sul do país?

É mais dificíl se você quer levar o rock para um lado profissional, como a gente quer.
Os grande meios de comunicação estão no Sudeste SAMPA-RIO, então temos que viajar muito para que possamos entrar na programação da mídia.

Como vocês definem o seu estilo?

Esse é o "grande calo" da Punkake.
Nós não sabemos nos definir, nosso produtor não soube...
É difícil dizer, porque não vejo nenhuma banda parecida com nosso som. Só sei o PUNK do Punkake é pela atitude no palco e performace, e não está no som, propriamente dito.

Acho que estamos criando um novo estilo de rock... hauah!
Temos muita influência de Grunge, Indie Rock e 80's.
O mais legal dos nossos shows é que agradamos desde o público teen à galera mais velha, universitários e afins! Podemos tocar à noite na balada e à tarde em matinês de rock.

Alguém se arrisca a definir nosso estilo musical? hehe. Vale um beijo na bochecha ;P

Deixem uma mensagem para seus fãs e para as pessoas que estão conhecendo a banda agora.

Galerê, vocês são muito mais que especiais e muito dedicados, afinal, pra acompanhar uma banda independente tem que gostar MESMO do som e acreditar no nosso trabalho.
E isso é muito legal, vocês estão acompanhando a gente desde o comecinho e vão crescer conosco.
A cada dia me surpreendo com uma novidade de vocês, e muitas vezes, até choro..
Agradeço a cada dia que passa por vocês terem entrado no nosso caminho.
E não vão se decepcionar.
A Punkake traz muitas novidades pra este 2011, show em lugares (cidades/estados) diferentes, estamos terminando de mixar um novo single e, em breve, vamos gravar um novo video clipe especialmente pra vocês!
AGUARDEM...
Beijoux da Bacabí, e em nome de todas as outras Punkakes ;P



Bem eu espero que vocês tenham gostado, estou dando o meu melhor todos os dias nestas entrevistas, e a entrevista com a banda foi uma GRANDE conquista. Talvez eu entreviste mais bandas, isto é um pouco improvavel mas ok. Queria agradecer MUITO a PunKake band por me dar esta oportunidade, eu não achava que chegaria  tão longe. Bem isto me marcou. I'm a punkaker! LOL

COMENTEM!!!

9 comentários:

Jéssica disse...

Falou e disse, elas são DYVAAAS!
Adorei como a Bacabi falou do cd, que é o "bebê"!
Muito legal, parabéns!
Vc manda bem com entrevistas!
Bjs, Jess.

Tamirys Silva disse...

Oie, adorei seu blog, é de um ótimo bom gosto! Estou seguindo e espero que você retribua também :D
http://tahmakeup.blogspot.com

PriscilinháàH disse...

nossa mto legal cara huahauah.. respondendo o seu comentario no meu blog , não tem nada demais a sua travesseiro de oncinha hahaha deve ser lindo**

já estou seguindo querido esper sua visitinha sempre por lá beijinhos :)

priscilapinkstar.blogspot.com

PunKake disse...

Espero não ter viajado demais nas respostas, hauaha...

Obrigada pelo espaço!

Beijoux,

Bacabí°

Patri Popes disse...

BOa a entrevista.

gui disse...

Adorei a entrevista, soube de coisas novas, ri bastante (HE-HE-HE) e qro estar sempre com vcs na estrada do rock!

PunKake Rock 'n' Grrrlz! disse...

ERRATA:

Nossa! eu escrevi dizer com "s" ?? QUE VERGONHA.


"
...
É difícil DIZER, porque não vejo nenhuma banda parecida com nosso som. Só sei o PUNK do Punkake é pela atitude no palco e performace, e não está no som, propriamente dito."

Jéssica disse...

Olá !
Adorei o seu blog. Se puder segue meu blog ?
http://xxx-memories-xxx.blogspot.com/
Se puder seguir ficarei feliz, em ver você por lá !

Obrigada pela atenção, Beijoos ♥

Dayane Punkake ♥ disse...

Muito foda, elas comentaram sobre a FAMILIA PUNKAKE
Nosso fã clube lindo
Quem quiser participar é só seguir @familiapunkake

Parabéns as Divas da Punkake, estaremos sempre com vocês ♥

Postar um comentário